domingo, 26 de julho de 2015

Um fundo musical para a perdição,

Um fundo musical para a perdição

"Que música tocar no meu Strip-Tease?

Qualquer coisa menos Madona!
Senão o ninho de amor vai ficar com cara de puteiro barato,porque todo cabaré de terceira que se preze toca Madona, principalmente Like a Virgen, o hino da boca do lixo!

Primeiro, se você quer que o lance fique de primeira, é preciso saber escolher qual o tipo de mulher que você quer mostrar no seu show. 

Por exemplo, se está a fim de liberar a cachorra, basta colocar um pancadão e rebolar o bundão na cara do sujeito, que a parada está ganha.


Só que o grande lance do Strip está na capacidade de seduzir aos poucos. 
E sinceramente, colocar o dedinho no canto da boca, abaixar e arrebitar o bundão não tem nada de sutil. 

Por isso que o som tem que ter um início mais calmo, para que você vá tirando as peças de roupas aos poucos, fazendo o benzão delirar. Por exemplo, você pode usar um vestido de noite, ficar toda produzida, com salto alto e tudo mais, e mandar ver em algo mais cadenciado, como um bom R&B (rhythm and blues) tocado por gênios como BB King, Joe Lee Hoock ou Robert Gray. 

E se quiser dar um toque mais atrevido, tente tocar "Bad to the Bone", um som super maneiro e muito conhecido, que tem uma levada pesada, mas ao mesmo tempo é compassado, como se tivesse sido feito para um strip-tease.

Tente procurar na net, que eu te garanto que vai lembrar na hora deste som.

Então, é muito importante a música ter uma certa cadência, repetir os mesmos acordes várias vezes, porque assim você terá de ir se despindo com classe. 

Sabe aquele lance de ir tirando uma peça de roupa aos poucos, naquela de fingir que vai abrir a blusa e depois fechar, então, este tipo de som é perfeito. Um outro bom exemplo é este velho é bom rock de raiz, Back in black, do AC/DC! - www.youtube.com/watch?v=CwIvBNsSywQ

Só que não adianta escolher uma música legal se não souber fazer aquela produção.Lembre-se que o show será uma fantasia, e como tal ela deve ser completa. Por isso, se o show vai ser com Blues, nada melhor que usar um visual mais década de trinta, como um terno preto, risca de giz, chapéu de mafioso, com as pernas de fora, igual a Demi Moore fez naquele filminho, Strip-Tease. 

Ou você pode investir em algo mais burlesco, como as "pin ups".
 Aliás, seria legal ver um vídeo da Marilyn Monroe, cantando "Diamonds Are a Girl's Best Friend", porque você poderia tentar imitá-la, com suas caras e bocas. Tudo bem, o som é antigo, mas o que importa mesmo é o show, a sua performance.

Pode escolher qualquer personagem, seja uma garota de programa, uma freira ninfomaníaca ou o que vier a mente, pois não deve haver barreiras. 

Por exemplo, um rock pesado, ao som de Megadeth, ficaria perfeito com você dançando em cima de uma mesa cheia de latas de cervejas.

E nem preciso citar Roling Stones ou Black Music, ou preciso?
Tudo é perfeito para um showzinho particular, é só escolher qualquer CD que terá uma porrada de músicas a sua disposição.

E ainda tem Aerosmith e sua maravilhosa Crazy, que você pode assistir o clip e imitar a Liv Tiller. Outra dica legal é "let's get rock" do Def Leppard, que repete o refrão varias vezes, dando tempo de caprichar nas performances, sem que atravesse o ritmo.


Ensaiar é fundamental para que consiga tirar a roupa com elegância, sem ser muito rápida.

Nunca vá com pouca roupa, pois o lance do Strip tem que ser demorado.
E quanto mais acessórios tiver, melhor. 

Por exemplo, pra quê tirar logo a calcinha, se pode levar uma eternidade tirando a meia-calca e a cinta-liga? E os seios, então? Por que deixa-lo à mostra se pode brincar um pouco com uma camisa branca, jogando um pouco de água em cima, aproveitando a transparência do tecido colado no seu corpo?

E não permita que ele pule em cima, pois o bom neste tipo de coisa é deixá-lo louco de desejos. E se você resolver ir direto ao picote, jamais saberá o que é dar um cata num cara enlouquecido de tesão. 

Por isso, se precisar, use algemas ou o amarre na cama. 

Aí, minha filha, aproveita a situação do infeliz e castiga!!!

............................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

Magoar quem, afinal? - "Ai, mas eu tenho medo de reclamar e ele ficar bravo e me deixar...."

Magoar quem, afinal?

Se você está com um cara que não sabe transar, se ele faz tudo errado, o que você faz? Por acaso você é do tipo de mulher que prefere ficar caladinha só para não machucar o orgulho de macho do pobre infeliz?

Mas, e você? 

Tudo bem que você não seja lá muito chegada em qualidade, do tipo que qualquer sexo  já serve, mas será mesmo que sua satisfação na cama não conta?

"Ai, mas eu tenho medo de reclamar e ele ficar bravo e me deixar...."

Ah, bem, agora está explicado:

VOCÊ NÃO FALA NADA PORQUE DEVE SER TÃO DIFÍCIL PRA VOCÊ ARRUMAR UM HOMEM, QUE QUALQUER PORCARIA JÁ SERVE.

E que belo espécime de macho foi arrumar, hein, minha filha?
 Com tantos homens por aí, tinha logo que se encafifar com um ZÉ Ruela que além de não saber como fazer ainda por cima é um machinho mimado?


Aliás, já imaginou o choque que não seria ele saber que nunca te deu um orgasmo?

Eu até posso imaginar a cena:

"Você nunca gozou comigo, Zulmira!!!???" 

E você lá, morrendo de culpa por confessar que ele não tá com nada:

"Ah, mas isso não importa, amor..." 

"Como que não importa!!!??? As outras minas sempre gozaram (mentira, elas fingiam) e você quer que eu fique calmo depois de saber que você não gosta de transar comigo?"

Claro, você tenta remediar a situação: 

"Mas eu não ligo para isso porque eu te amo!!"

"Você não liga, mas eu ligo, mulher!!!!"

Viu como até ele se preocupa mais com o porcaria do orgasmo do que você?

Só que muitas vezes o cara até está disposto a aprender como te dar um trato, mas como você não tem coragem de abrir a boca..

Então ele fica lá, te dando um trato, perguntando o tempo todo, "E aí, amor, tá gostando?", mas você só responde que sim, que tá uma deliiiicia! E você não apenas responde, como ainda faz aquela carinha de tesão de filme pornô.
Puts, mas você até morde os lábios!!!

Sim, tem mulher que finge que é uma maravilha mas não ensina nada!

E o resultado é que o cara vai se achar "El comedor", e tudo porque você faz com que ele acredite que está tudo maravilhoso entre vocês na cama.

Mas pode até ser que o cara seja bom de cama, que faça tudo "nos conformes", mas ainda assim o sexo entre vocês seja uma merda por causa das diferenças culturais.

 Sabe como é, o cara pode ser um amor, mas se vive falando "menas" e "pobrema" , não tem como manter o tesão na cama.

Já imaginou os dois na cama e ele soltar algo do tipo:

 "A gente temos que ter 'menas' brigas amor, porque na cama nóis se damos bem"?

Puts!!! Ferrou!!
Já imaginou você ter que falar com o sujeito para ele voltar a estudar, sei lá, fazer novamente o primário? Nossa, isso acabaria com o orgulho dele, não é mesmo?

 "O que? Você tá me chamando de burro!!??"

Mas como você o ama tanto que prefere ficar calada, tentando não ter um treco com as merdas que ele fala:

"Pô, o que Jesus Cristo tá fazendo com esta boina na cabeça?"

"Não é Jesus, amor...Este cara da foto é o Che Guevara..."

É minha cara, tem que amar muito para conseguir ficar com um cara assim...

Sabe, tirando o lado cultural e sexual, muitas vezes as mulheres ficam com homens que não querem saber de nada na vida, e mesmo assim elas se calam.

Poucas mulheres conseguem sentir prazer na cama com as contas atrasadas, vivendo com um cara que não quer saber de trabalhar.

Por exemplo, você sabe que o cara nunca vai ser nada na vida, que jamais deixará de viver encostado nos pais, e mesmo assim prefere acreditar que um dia ele irá mudar.

Tá tudo errado! 

O que você deveria fazer era abrir o jogo e deixar bem claro que não quer viver com um cara que não trabalha e não faz nada na vida.


Sim, porque se ele te amar de verdade, por mais que se sinta ofendido, vai acabar entendendo que seu amor tem um limite.

E o limite está justamente na incapacidade de amar um cara que não passa de um inútil

E se ele se magoar e entrar em depressão, que fique trancado em casa, dentro do quartinho, dando uma de pobre coitado: 

"Puxa vida...Ela disse que eu não tenho grana nem pro busão, sniif, sniff!"

E se demorar muito para o traste sair da depressão, maravilha:

Arruma outro menos banana.

 ......................................................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

Para nós existe uma imensa diferença entre gostar e amar uma mulher

Controle seus impulsos!

Tudo bem que você tenha ficado de quatro pelo carinha que ACABOU de conhecer. 
O que não é normal é você já começar a fazer planos para o futuro, imaginando os dois juntinhos, de mãos dadas na igreja, comemorando as bodas de prata ao lado de um bando de netinhos!

Oras, as coisas não funcionam deste jeito conosco!


Se perceber bem, descobrirá que nós costumamos nos comportar de uma maneira meio arredia quando percebemos que a garota está pulando algumas fases. E, definitivamente, uma mulher que se apaixona em apenas alguns encontros, não é o que a maioria dos homens deseja.

Já reparou naqueles cachorros de rua, que quando você tenta fazer um carinho ele foge, fica de longe olhando desconfiado? Então, para atraí-lo não é preciso conquistar sua confiança, dar-lhe a certeza de que não vai machucá-lo?

Agora, se você tentar pega-lo à força o que é que pode acontecer?
Oras, você pode acabar ganhando uma bela de uma mordida, não é mesmo?

Então, conosco é igualzinho, porque quando um homem percebe que a mulher já está tentando colocar coleira, pode fugir ou atacar.


E quando eles atacam, dificilmente a mulher consegue sair imune. Muitos brincam com os sentimentos das garotas, fazem tudo para machuca-las, e antes de caírem fora fazem questão de deixar bem claro que o maior erro que cometeram foi o de tentar prende-los!

Já reparou como existem mulheres que se envolveram com um homens que fizeram o inferno em suas vidas, maltratando e pisando como se sentissem prazer em ferir? 

Pois bem, este é o típico comportamento de homens que pagaram o amor com porradas. E pode apostar que eles sentiram prazer o tempo todo que pisaram e humilharam.

Se uma mulher quer manter um homem ao seu lado é preciso que saiba esperar até que ele esteja pronto para se envolver.

Por isso, se um "Eu te amo" for dito na hora errada, pode ser entendido por ele como: "Esta garota vai colar no meu pé!"

Parece piada, mas nos dias de hoje ainda tem mulher que mal conhece um carinha, e sempre faz questão de perguntam antes do sexo: 

"Ah, mas nós vamos fazer amor ou sexo?"

Mulheres que se apaixonam facilmente sempre são um porre de imaturidade. E dificilmente algum homem irá encarar uma mulher com seriedade se ela já se diz apaixonada em menos de uma semana de namoro!

"Mas o que posso fazer se me apaixono o tempo todo?"

Análise, minha filha...Análise.

E não vai fazer amizade com a mãe dele, ficar íntima da velhota e aparecer em sua casa sem que ele te convide. Se alguém tem que convida-la é ele, não a mãe!

Para muitos de nós, o amor é uma espécie de fatalidade, algo que tememos e sabemos que experimentaremos um dia, mas se pudermos adiar este momento, melhor!


E como isso nos assusta...Ao aceitarmos um relacionamento mais sério teremos que pesar vários fatores, como a perda de algumas liberdades, um envolvimento mais profundo e planos. Só que nenhum homem gosta de saber que uma garota já está fazendo planos sem que ele esteja preparado.

Tudo bem que você o ame de paixão, mas tente entender que é preciso dar um tempo para que ele também te ame

Sem contar que, de repente, você nem se enquadra no tipo de mulher que ele gostaria de se apaixonar, já pensou nisto?

E é por causa de algumas mulheres mais afoitas que alguns homens evitam demonstrar muito carinho no começo. E não é pra menos porque existem mulheres que acham que um homem ser educado e carinhoso em um primeiro encontro quer dizer que ele já está entregue. Só que não tem nada a ver. Podemos muitas vezes ser super carinhosos e atenciosos, e mesmo assim estaremos apenas querendo nos divertir.

Para nós existe uma imensa diferença entre gostar e amar uma mulher.


Gostar, nós podemos gostar de milhões e trata-las super bem.
Mas amar já são outros quinhentos. Por isso, quando quiser saber se o seu benzão te ama e ele disser que gosta, entenda o recado e pare de forçar a barra, pois é um saco ter que ser obrigado a amar alguém!

Porém, é bom entender que isso não significa que ele nunca irá te amar.

Só que é preciso saber esperar, dar tempo ao tempo, para que o relacionamento vá engrenando até que, sem que perceba, chegue o dia em que ele diga todo constrangido: 

"Eu te amo!"



Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

A felicidade vem em gotinhas -Não existe a felicidade, mas as felicidades!

A felicidade vem em gotinhas

Em uma passagem do livro Ilusões, de Richard Bach, o Messias pergunta à multidão sobre o que fariam se Deus lhes pedisse algo. Todos respondem que seria uma honra sofrer e padecer todas as infelicidades do mundo, se fosse esta a vontade Dele. Então o Messias perguntou se mesmo que se tratasse de uma tarefa extremamente difícil, se ainda assim a fariam? E todos responderam que mesmo que fossem pregados em cruzes ou queimados vivos, ainda assim seria uma glória obedecer ao Pai.

Então, diante de tamanha empolgação, o Messias perguntou :

"E se Deus lhes falasse diretamente, em pessoa: 'Ordeno que sejas feliz no mundo enquanto viveres' , o que fariam?"

.........................................

Então, o que VOCÊ faria?

Por acaso teria coragem de abrir mão de todos os seus apegos, paixões e neuras, tudo para ser feliz? Será que realmente teria coragem de assumir a responsabilidade de nunca mais sofrer por alguém? Duvido!

A infelicidade é mais natural em sua vida porque ela é fácil de atrair.

Por exemplo, basta deixar as coisas irem para vinagre que pronto, o caos se estabelece. 

Mas com a felicidade é diferente, pois ela precisa ser cultivada, praticada todos os momentos, caso contrário qualquer decepção já será o bastante para fazer com que você ache que nada vale a pena. Sabe, é igual àquela pessoa que tem tudo na vida, que recebe sempre do bom e do melhor, mas que basta um único dia ruim para ela se esquecer de tudo de bom que conquistou para lamentar o pouco que perdeu: Um único dia ruim.

Diferente de tudo o que aprendeu, a felicidade faz parte da ordem natural do Universo. Ser feliz é estar em harmonia, é estar no bem. Por outro lado, essa infelicidade que todos dizem ser inevitável, nada mais é do que o resultado da perda desta harmonia.

E todas as vezes que você fizer algo que vá contra seu bem-estar, você estará deixando aberta a porta para a dor e o sofrimento.

O grande problema é que o sofrimento parece ter um poder maior de nos envolver, pois muitas pessoas passaram a acreditar que a felicidade se conquista com muito esforço. 

Veja como isso é absurdo: 
"Para ser feliz é preciso antes sofrer". 

Oras, mas isso é uma tremenda mentira, pois se reparar bem, verá que a felicidade está o tempo todo ao nosso redor.

A felicidade não é singular, é plural!! 

Beber uma cerveja gelada num dia de sol é felicidade; receber um telefonema da pessoa amada é felicidade; acordar de manhã e poder passear na praia, é felicidade; encontrar aquele jeans que cabe perfeitamente no seu corpo, é felicidade; escutar uma música antiga que marcou a sua vida, é felicidade, sorrir por sorrir, sem precisar de motivos, tudo isso é felicidade.

Não existe a felicidade, mas as felicidades!

Só que não é este tipo de felicidade que você almeja, não é mesmo?
Não, para você a felicidade deve ser absoluta, sem dor, sem decepções. Só que você almeja algo impossível. Por isso, ao saber que jamais conseguirá atingir o "Nirvana", a felicidade suprema, você simplesmente dá de ombros e diz: A felicidade não existe!

Natural é ser feliz.

A infelicidade é aberração, algo que só nos alcança quando nos apegamos a ela.

"Mas como é possível eu me apegar a infelicidade se ela só me faz mal?"

Oras, mas quantas pessoas não vivem se apegando ao mal, passando a maior parte da vida chorando pelos erros que cometeram? Então, que lógica existe em sofrer pelo que passou? Percebeu como tudo é uma questão de escolha, pois se elas não conseguem esquecer é porque fazem questão de carregar condenações?

Ás vezes, a melhor maneira de não sofrer é deixar tudo o que nos faz mal sair de nossas vidas.

Então, novamente eu lhe pergunto: 

Você seria capaz de abrir mão de todos os seus medos, apegos e vícios emocionais, única e exclusivamente para ser feliz? E por acaso você pagaria o preço desta decisão, mesmo tendo que assumir responsabilidades que não deseja?

O preço da felicidade.

Muitas vezes recebo emails de leitoras reclamando que o que eu escrevo é muito bonito, mas que é muito fácil falar .

Bem, devo discordar delas, pois é muito mais fácil ser infeliz. 
Oras, para muitas pessoas a dor é algo tão fácil de atrair, que elas nem precisam se esforçar tanto. Por exemplo, muitas adoram fugir das responsabilidades, por isso se escondem da vida, achando que assim, fugindo da luta e das responsabilidades, sofrerão menos.

Não adianta correr e nem se esconder, porque a vida sempre cobrará um preço.

E depois, quando tudo estiver uma merda, não adianta tentar jogar a culpa no azar ou nos karmas de vidas passadas, porque no caso delas, de pessoas que se escondem do mundo, o azar nada mais é que sinônimo de covardia.

Vamos dizer que a sua vida fosse como uma casa.

Se você cuidar bem dela, se limpar e vigiar, com certeza ela será e continuará sendo um lugar agradável, correto? Agora,e se você largar mão de tudo, se parar de cuidar e de limpar o ambiente, com certeza sua casa acabará caindo aos pedaços, atraindo todos os tipos de porcarias. 

E é claro que com o tempo ela irá cair aos pedaços, até virar uma completa ruína.

Percebeu porque a felicidade precisar ser cultivada e praticada o tempo todo? 

Se você largar mão de sua vida, se não se amar e nem se cuidar, pode apostar que irá atrair para a sua vida tudo que há de pior neste mundo.

O primeiro mandamento de quem quer ser feliz é não procurar a infelicidade.

Nunca assuma as responsabilidades dos outros. 
Entenda que Papai do Céu deu a cada um a capacidade de resolver seus problemas, portanto, não é sua função viver a vida de ninguém. 

Deixe que seu irmão resolva seus problemas financeiros, não se meta na vida emocional de suas amigas, enfim, não carregue a carga de ninguém.

Sua maior responsabilidade é com seu bem-estar, portanto, nunca abra mão daquilo que deseja por algo que acha que tem que fazer. Se você é do tipo que sempre sonhou em viver no litoral, curtindo a vida, mas passa o dia todo enfurnada em um escritório, por que não larga tudo e abre uma barraquinha de lanches na praia de Jericoaquara?

"Mas, e se eu largar e não conseguir nada melhor, quem vai pagar minhas contas?"

Já viu tudo, né? 

Mesmo o emprego sendo uma merda você ainda tem medo de ir atrás de seus sonhos. Mas a vida é assim, minha cara: quem não arrisca não petisca. Só que em vez de trocar o inferno pelo incerto, você prefere a segurança do que te faz mal. 

E depois ainda quer dar uma de Maria Mijona, chorando pelos cantos que não consegue ser feliz, mas morrendo de medo de se dar mal na vida?

Mas quem disse que está se dando bem na vida, minha filha? 
Oras, mesmo tendo grana pra pagar seu fim de mês você não passa de uma pessoa infeliz.

Digo e repito:
O PREÇO DA FELICIDADE MUITAS VEZES É ALTO DEMAIS.

Eu não sou religioso, não frequento igrejas e não tenho nenhuma religião, mas adoro uma passagem do Evangelho, em que um jovem rico pergunta sobre o que tem que fazer para seguir Jesus. 

Como reposta Ele diz para largar tudo e segui-lo, pois não se pode servir a dois senhores.

Não, Jesus não quis dizer que os ricos vão para o inferno e os pobres para o Céu. O que ele quis dizer é que não há como querer voar se os pés estão fincados no chão.Então, minha filha, se o seu emprego é uma merda e você tem um sonho, não há como viver dividida.

Se quer realmente ser feliz é preciso estar disposta a sacrificar o apego.

Pena que muitas vezes o sacrifício de se livrar da dor parece ser maior que o desejo de ser feliz.

A escolha é sua:
Ou enfrenta a vida e vai em busca do que almeja, ou então sossega o facho e larga mão de sonhar, porque não há como conciliar seus sonhos com seu medo de arriscar.

Você pode largar tudo e se dar mal com o seu sonho?
Sim, existe esta possibilidade.

Afinal, a única certeza que você tem neste momento é que está infeliz trabalhando onde está.


Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros


domingo, 19 de julho de 2015

Um Presente Especial -Nos dois últimos anos Júlio havia se esquecido do aniversários de sua esposa.

Um Presente Especial


Nos dois últimos anos Júlio havia se esquecido do aniversários de sua esposa, Fernanda.
 Não era por descaso, mas por ser muito desligado, tanto que ela sempre precisava lembrá-lo: "Amor, hoje é meu aniversário"

Realmente, Júlio sempre foi ruim para guardar datas, nem mesmo seu aniversário ele costumava lembrar.

 Mas não dava para esquecer naquele ano...
 
Estavam passando por uma forte crise financeira, e por casa do aperto que viviam, tendo que cortar gastos e economizar, parecia que o casamento estava por um fio.

Um dia Júlio estava voltando para casa e parou no meio do caminho para pegar algumas roupas na casa de sua irmã - roupas que ela costurava para sua esposa revender e ajudar nas despesas. Passou em frente a uma casa onde tinha uma placa escrita "doa-se um filhotinho de cachorro" , olhou por cima do muro e viu uma caixa com um cachorrinho vira-latas, feio de dar dó. 

"Como alguém vai querer um bichinho feio deste?...Nem de graça!" - pensou.

Assim que entrou na casa de Leila, sua irmã, ela lhe deu um pacotinho de presente para entregar para a Fernanda, sua esposa. Ao olhar para aquele pacotinho vermelho, Júlio se deu conta de mais uma vez havia se esquecido da data. E o pior era que ele não tinha nenhum tostão no bolso, não tinha com quem pegar emprestado e nem tinha tempo para procurar alguém para me emprestar.

Mas ele não queria chegar em casa sem um presente para Fernanda.

Saiu correndo até a casa onde estavam doando os cachorrinhos e bateu palmas até a dona aparecer. O coração de Júlio dava pulos de aflição. Não sabia bem o motivo de tal escolha, mal sabia se ela iria gostar de algo parecido, mas ainda assim ele pegou o filhotinho, agradeceu a senhora que o doou e voltou correndo para a casa da sua irmã.

Assim que Leila olhou para o filhotinho, disse que era feio de morrer e achou que não seria uma boa ideia dar "aquilo"de presente. Mas tinha que dar certo! 

Com a ajuda de Leila, Julio encheu uma bacia com água morna, colocou  bastante shampoo e mergulhou o cachorrinho dentro com todo cuidado. 
Ele tinha tanta pulgas que a água ficou preta. 

Depois do banho e com a população de pulgas bem reduzida, começou o tratamento de beleza:

Leila usou um secador de cabelos e ele ficou parecendo que tinha levado um choque: todo arrepiado! Júlio aproveitou e jogou bastante talco de bebê de sua sobrinha para deixá-lo bem cheiroso. Para dar o toque final, sua irmã colocou duas fitinhas vermelhas nas orelhas e ele teve a ideia de colocar uma gravatinha borboleta vermelha, que estava entre as coisas que a Leila costumava guardar. 

Quando o filhotinho já estava todo arrumadinho e cheiroso, Júlio pegou uma caixa de sapatos, forrou com papel de presente e correu para casa.

No meio do caminho ele não conseguia parar de pensar no presente.



O filhotinho era muito feio, tinha os olhos esbugalhados, orelhas murchas, rabinho torto e sua cor cinza, meio rajada com preto, fazia com que parecesse um rato! 


Entrou em casa e ela estava deitada na sala, em cima do sofá assistindo televisão, com um olhar triste. Júlio sabia que ela gostaria de uma festa, com bolo, amigos e parentes, mas a grana tava muito curta. Ficou triste, bateu uma vontade de chorar e pedir desculpas por não ganhar o suficiente para dar uma vida melhor, por isso ficou parado em frente a porta. 

Não sabia se devia contar a verdade ou continuar a encenação. 

Então ela o viu ali, parado, com aquela caixa nas mãos. 
Ficou surpresa por  ter se lembrado do seu aniversário: 

"Ai, amor...Não precisava me dar nada, você está sem dinheiro..."

Não dava mais para voltar atrás: 

Ou ela gostava ou o mandava jogar aquele cachorro na primeira quebrada da vida... 

Mas ela amou o presente! Abriu a caixa e não conteve a alegria ao ver aquele cachorrinho de olhar carente. Disse que tinha sido o melhor presente que já tinha ganhado na vida e correu para a cozinha para pegar alguma coisa para ele comer. 

E o resto da noite ela passou mimando e carregando o "Victor" para todo o lado - Victor foi o nome que ela lhe deu.

Victor se transformou numa espécie de amuleto da sorte. 

Júlio não acreditava em destino, mas depois daquela noite as coisas melhoraram muito, ele conseguiu um bom emprego, colocou as contas em dia... 

Fernanda nunca soube o que aconteceu, nem imagina o que Júlio fez para não deixar passar em branco um dia tão importante, mas o que importa é que com a chegada de Victor o amor deles ficou ainda mais forte.

Como Broxar uma Mulher? - Olhar o celular o tempo todo enquanto está com ela na cama é broxante

Como Broxar uma Mulher?



Coçar o saco, definitivamente, faz qualquer mulher ficar mais seca que o deserto do Saara!

Não sei o que leva um homem a se coçar diante de uma mulher.
Será que é descuido, vício ou falta de educação, mesmo? Sei lá, tá com comichão no saco, vai até um lugar discreto e coça até a vontade passar.

Ou então aproveita e dá uma lavadinha, porque água e sabão não fazem mal para o bimbo - no máximo vai deixar o saco só mais um pouquinho enrugado.

Tem homem que enfia a mão dentro da calça num desespero tão grande que parece que vai tirar um bicho do meio das pernas!

Sem contar aqueles que depois da "coçada" dão uma olhada para ver se tem alguma coisa no meio das unhas e ainda dão uma cheiradinha!

Chupar o dente é igual a alho para vampiro, quando o assunto é mulher!

Caramba, tem coisa mais chata que um idiota ficar chupando os dentes como se estivesse com um passarinho dentro da boca!

Tem uns homens que cada dez segundos dão uma "chupadinha nos dentes", falam duas palavras e dão outra chupadinha.

Não seria melhor pagar um dentista para fechar os buracos nos dentes??

Sabia que muitas mulheres sentem repulsa por pés feios?

Tudo bem que são poucos os homens que se preocupam com o estado dos pés, mas existem uns que precisam de maçarico de funileiro para cortar as unhas!

Momento de reflexão:

Por que será que quanto mais envelhecemos, mais as unhas ficam duras e o pinto fica mole?

Cuecas folgadas, do tipo que ficam parecendo aquelas fraldas geriátricas (aquelas que os velhinhos de pernas finas costuma usar) também podem fazer uma mulher sumir para sempre!

Mas, neste caso as mulheres estão cobertas de razão.
O mínimo que um homem deve fazer é se apresentar com uma cueca decente!

Transar de meias é o cúmulo do mau gosto.
Pior é que alguns manés dizem que não tiram as meias por causa da friagem!!

Pedir licença para ir no banheiro do motel, fechar a porta e soltar aquele peido barulhento de rasgar as prega também é broxante.

Alguns homens têm a boca tão fedida que as mulheres ficam desesperadas procurando onde fica o botão da descarga!

Os famosos boca de privada ou boca de fossa,(como quiserem), conseguem afastar qualquer coisa viva que se aproxime!

E o pior é aquele cara além do bafo ainda costumam cuspir quando estão falando!

Caramba, mas parece até uma chuva de merda!!

Mulheres adoram saber que são gatinhas, princesas e bonequinhas, mas odeiam ouvir isso da boca de qualquer um. 

Por isso evite o famoso "E aí, princesa..." ou o deplorável "Fala, gatinha linda!", se não quiser receber em troca aquela cara de nojo, que só as mulheres sabem fazer!

Dormir depois da transa, nem pensar! 

Se for do tipo que ainda ronca feito uma lambreta com o escapamento aberto, a melhor coisa é só transar quando estiver sem nenhum sono!

Cantar uma mulher um tempão e só dar uma rapidinha.

Tem homem que fica dando em cima da garota um tempão, na base do " me dá uma chance, gata", mas quando consegue ele dá "umazinha", depois vira as costas, pega o controle remoto e liga a tv para assistir os gols da rodada.

 Olhar o celular o tempo todo enquanto está com ela na cama também é broxante.

Ir para a cama fedendo e ainda achar que mulher é muito fresca, já é caso de procurar um bom analista para curar este complexo de porco!

Ficar sacudindo o bingolim e perguntado se ela gostou, também é muito broxante para qualquer mulher!

Sem contar que o tiro pode sair pela culatra se ela disser que 
"já experimentou bem melhores"!

Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

Você NÃO tem que aprender a viver só!

Você NÃO tem que aprender a viver só!


Se em algum momento, você chegou a considerar a possibilidade de ter que aprender a viver só, pode esquecer!

Em primeiro lugar vamos deixar uma coisa bem clara:
Não existe este papo de que "Tem males que vem para o bem!"

Mal é mal, bem é bem, e não existe nenhum tipo de benefício no mal!

Mesmo que no final as coisas acabem dando certo, toda pessoa que aprende depois de provar o gosto amargo da maldade, na verdade estava no mal, convivendo com o mal!

Então, que lógica existe em se condenar a solidão, fugindo das pessoas, como se isso fosse trazer algum benefício? 

Não seria melhor gastar mais tempo aprendendo a conviver com as diferenças?


É claro que todo mundo precisa de um tempo para se recolher e refletir sobre as coisas da vida, isso nem se discute. 


E é até bom, porque muitas vezes essa reflexão acaba funcionando mais como um bate-papo entre você e sua alma, permitindo que encontre na serenidade as respostas que tanto procura.


E como é gostoso a gente se ouvir, ter um tempinho só para colocar as diferenças em dia, não é?

Então, que vantagem existe em viver na solidão?

Muitas vezes você pode achar que seria bom dar um tempo e se afastar de todo mundo, só para viver distante dos problemas. Mas será que ainda não se tocou que somente enfrentando os problemas é que você aprenderá a conviver com as diferenças, não se deixando abalar tanto por elas?


Sim, você vai correr mais riscos, e isso é bom!

A melhor resposta nem sempre é o silêncio



Pode ser que você não tenha se escondido do mundo, mas tenha resolvido guardar suas idéias só para você, achando que deste jeito, em silêncio, iria evitar maiores desgastes.

Sabe como é: 

"Se eu não falar nada, jamais poderei ser condenada..." 



Mas isso também é solidão! 

Que graça existe em ter um monte de idéias se você não pode dizer o que pensa? 

Oras, se as suas ideias estão ofendendo muito certas pessoas, se o que você diz quase sempre faz com que elas desdenhem de você, seria interessante parar um pouco para analisar o tipo de gente que tem ao seu redor!


Sei lá, de repente você pode pode acabar descobrindo que está cercada por um bando de idiotas que se divertem em ridiculariza-la.

E pra quê ficar ao lado deste tipo de gente? 

Mesmo que você não seja lá grande coisa quando abre a boca, ninguém no mundo tem o direto de censurá-la, nem mesmo você!

Por acaso você é do tipo que evita discutir com o "benzão", achando que assim estará evitando confusão?

Oras, mas está tudo errado! 


Ao evitar o diálogo, você estará evitando a convivência em vez de trabalhar para um melhor entendimento entre os dois.

Ou você acha que existe convivência onde não existe conversa, onde o que se diz tem o poder de acabar em brigas?

Então, tirando os momentos de reflexão - que nada tem a ver com solidão, mas com auto-conhecimento- o que você aprende com a solidão? 

A resposta é: 


NADA!


Você não aprende a conviver com ninguém, não aprende a solucionar seus problemas, não aprende a vencer dificuldades..

.
Ou seja, não aprende nada a não ser engolir o vazio!

E quem engole o vazio fica sem nada por dentro

Sem vida, nem amor, nem felicidade...


Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

Quem desdenha...Pior do que isso é ele ter que aceitar que não será com ele que você irá para a cama no fim da noite!

Quem desdenha...

Olá Andros!
Adoro seu site e gostaria que desse um toque nesses homens grosseiros que adoram rotular mulher de bonita, gostosa ou feia. Será que para eles não existem os quesitos, inteligente, legal, amiga, etc? 

Você pode discordar, mas nós somos muito menos preconceituosas com a questão estética que o homem. Hoje mesmo estou puta da vida por que soube que um babaca que eu detestei -e achei horroroso - disse para um colega que eu era feia. 

Tirando os comentários iniciais, gostaria de saber por que estou tão chateada se eu também achei o cara horrível? Por que para nós é tão importante que nos achem bonitas e atraentes, mesmo aqueles seres desprezíveis que nunca olharíamos a cara? 

POR QUE AFINAL NOSSO EGO É TÃO VULNERÁVEL A ESSE TIPO DE COMENTÁRIO? 

Beijos -Silvana.





Qualquer homem que gaste seu tempo numa atitude infantil e grosseira, como ofender uma mulher, seja direta ou indiretamente, fazendo uso de comentários sobre sua aparência, no fundo quer ser notado por esta mulher.

Às vezes ele dá em cima dela durante um tempão, joga todo seu charme e mesmo assim não consegue nada, nem um simples olhar. Então, com o orgulho no calcanhar, puto da vida por tamanho desprezo e para não sair por baixo, ele resolve desdenhar, fazer pouco caso como se nunca tivesse se interessado por ela.

Por isso, para não sair com seu orgulho de "conquistador ferido", ele fará questão que você saiba que ele te acha "horrorosa"!

Claro, a intenção dele é te ofender.

E para ofender ele tanto pode dizer isto abertamente, na sua cara, como pode fazer uso de amigos ou amigas para levar seu despeito até os seus ouvidinhos delicados.

E tadinha das mulheres.
Basta um "bagulho" para entrarem em parafuso.


E como eles sabem ofender, não é?

Lembra das vezes em que estava andando sossegada pela calçada, ouvindo os cantos dos passarinhos, quando um playboy parou o carro ao seu lado e começou a jogar aquela conversa mole?

Ele te chamou de gatinha, princesinha, gostosinha e um monte de "inhas", não foi?

Mas, ao perceber que você não estava nem um pouco interessada naquela conversa fiada, o que ele fez?

Oras, ele baixou o nível de vez, te chamou de piranha metida à besta, falou um monte de sacanagens e terminou toda a encenação patética fazendo o que? 

Te xingando de bagulho, gorda, fazendo o máximo para que a platéia ao redor o visse como o gostosão!

"Aí, galera, vejam como eu estou humilhando essa garota fresca!"

E o pior é que você sabe que seus peitinhos são lindos, que sua bundinha parece um mármore  de tão dura, que seu rostinho é maravilhoso,e mesmo assim não consegue pregar os olhos na cama:

"Ai, ele me chamou de gorda!" 

A melhor forma de lidar com essas situações é nunca demonstrar que o que acabou de ouvir lhe ofendeu a ponto de estragar o resto do seu dia. 

Por mais que um homem tente te ofender, se não ligar para o que ele diz, isso o deixará tão desconcertado que o dia dele é que vai ser péssimo, não o seu.

Pode apostar que o infeliz vai ficar remoendo a cachola o dia toda, puto da vida por ter te chamado de balofa pra baixo e nem assim conseguiu mudar a expressão de seu rosto.

Quem ofende sempre espera uma resposta, e essa resposta é a mágoa. 

Também importante não dar ouvidos aos comentários do pessoal que adora um
 leva-e-trás. 

Quando uma daquelas "amigas" chegar com uma novidade quentinha,  simplesmente sorria e finja que não está nem um pouco interessada em saber mais nenhum detalhe.

Pode não fazer muito sentido, mas essa mesma "amiga" alcoviteira se encarregará de levar para ele o seu descaso:

"O quê? Ela nem ligou para os meus comentários e até deu risada??"

Ele adoraria saber que é capaz de te machucar, mas como não consegue, quem fica com o ego ferido é ele.

Pra quê dar tanto valor às criticas, que importância este traste tem em sua vida, garota?

Lembre-se que se ele não estivesse tão interessado neste seu corpinho, não perderia tanto tempo com este comportamento de moleque.

No fundo ele sofre por não ter chance com você, por mais que te xingue e fale que não te comeria nem se você implorasse, pode apostar que ele sempre pensa em você.

E quer maior castigo que gastar tempo e saliva tentando te ofender e mesmo assim não despertar sua atenção?

"Pô, eu xingo, chamo de bagulho, falo para todo mundo que ela é uma feiosa, e ela ainda finge que não existo???"

Pior do que isso é ele ter que aceitar que, apesar dele agir como um recalcado, não será com ele que você irá para a cama no fim da noite!



Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Programa de Índio - Sim, nós não temos paciência para acompanha-las nas compras!

Programa de Índio.

Se o seu benzão tem andado meio ranheta por causa dos programas que você tem arrumado, seria bom entender que muitas vezes o que você julga ser agradável, como trocar um lindo domingo de sol por uma visitinha à casa de sua amiga, pode deixar um homem mais azedo que limão.

Também pudera, com tantos dias para encontrar a amiga para colocar todas as novidades em dia, você vai escolher justamente o final de semana?

E pra quê? Pra ele ficar o dia todo escutando sobre as ultimas mudanças que a Soninha fez nos cabelos e que a Tina arrumou um novo namorado? Nada contra jogar conversa fora com as amigas, mas precisava arrasta-lo junto?

Se ele diz que não está a fim de ir você acha ruim, diz que ele é anti-social e etc e tal...

Visitar a sogra pode até ser legal, mas ter que aturar o mesmo programa várias vezes, acaba se tornando um martírio!

No final ele acaba vendo tanto a velha que começa a ficar com raiva dela!

E o pior é que a coitadinha não tem fez nada de mal - além daquele café fraco e doce que cisma em servir para as visitas.

Tem mulher que não pode ficar dois dias longe da mãe que já fica morrendo de saudades. Então, quando chega o final de semana, ele tem que escolher entre visitar a sogra pela milésima vez no ano, ou fugir para o boteco para ver se você resolve ir sem ele.

Sim, nós não temos paciência para acompanha-las nas compras!

Não sei se o que mais nos irrita é ter que acompanha-las, carregando tantas sacolas que a gente se sente como um destes carregadores de safári, ou se é por causa da bendita indecisão feminina em escolher as coisas.

Certa vez eu estava com uma namorada, que resolveu escolher um perfume.
Entramos na loja - comigo com sacolas penduradas por todos os lados -  e minha namorada olhou para uma infinidade de perfumes e fez aquela cara de indecisa.

Pois bem, como tem mulheres que acham que pele de homem é melhor para provar perfumes, eis que eu acabei saindo dali coberto com todas as flagrâncias do Universo!

E o pior é que ela não gostou de nenhum!!! 

Caramba, mais de uma dúzia de perfumes e ela saiu de mãos vazias???

Tudo bem que um filmezinho "água com açúcar" sirva para passar o tempo, mas tem que escolher sempre os mesmos filmes românticos, com as mesmas histórias chatas?

Acho até que a Meg Ryan - aquela atriz que só faz filmes melosos - deveria mandar fazer umas camisetas escritas:

"Você não gosta de mim, mas sua namorada gosta!"

E reunião esotérica, então? 

Nada contra, eu mesmo curto uns lances "New Age" de vez em quando.
Mas não dá para levar o benzão para uma reunião, onde os assuntos vão de Reiki à energização com cristais, se essa não é a praia dele...

Sem contar que sempre tem um idiota, com cara de tapado, que insiste em tentar nos convencer que os duendes são nossos irmãozinhos universais...

Tem uns programas que as mulheres só nos levam como uma espécie de faz-tudo, como um Chá de Bebê, por exemplo.

Então, enquanto elas gritam e se divertem lambuzando com batom e enrolando o corpo da futura mamãe com rolos e mais rolos de papel higiênico, o que acaba sobrando para nós são trabalhos "pesados" como pendurar balões pela casa, bater pregos nas paredes, pendurar os enfeites, buscar bebidas e refrigerantes na padaria...

E ainda serve como resgate de amigas.
Sim, porque como sempre tem aquela amiga que nunca consegue achar o endereço, quem é que vai busca-la no metrô?

Ele, o maridão!!

Então, antes de brigar com o benzão, tente entender que a melhor regra para um relacionamento dar certo é saber respeitar o gosto do outro.

Se ele não topa estes seus programas, digamos, femininos, isto é um direito dele.

Da mesma maneira é um direito seu não ter que ficar numa roda de homens, ouvindo-os falar sobre os últimos games do playstation, sobre o novo atacante que o Palmeiras contratou e nem acompanha-lo a campeonatos de truco.



Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

Homem Alegre não é Bobo -Por que existe este preconceito horrível contra os homens bem-humorados?

Homem Alegre não é Bobo.

Por que existe este preconceito horrível contra os homens bem-humorados?

Estou cansado de ouvir mulheres dizendo que preferem alguém bem humorado, mas na prática não é bem isto que acontece. Para muitas, homens que gostam de rir e contar piadas, que encaram a vida sem tanta neurose, muitas vezes são rotulados de imaturos, irresponsáveis e idiotas!

"Ah, ele é tão engraçado, vive me fazendo rir, mas não serve pra namorar"

Também pudera, porque em uma sociedade onde ser sério é sinônimo de maturidade, viver alegre é quase um sacrilégio.

"Nossa, você precisa rir menos e ser mais responsável."

Mas ainda bem que nem todas as mulheres são assim.
Para a felicidade mundial, muitas ainda curtem um homem bem humorado.

Mas quem disse que somente os homens sérios é que são responsáveis?
Será que manter uma carranca, fazer pose de preocupado e viver estressado a maior parte do dia é ser responsável?

Só, se for responsável pelas úlceras e os derrames, decorrentes deste comportamento rígido e neurótico.

Veja esse depoimento:

"Elas dizem que gostam de carinhas bem humorados, mas é com os "marrentos" que elas gostam de ficar! O cara tem que ter cara de mau, falar pouco e ser sério, aí elas gamam! Antes eu brincava mais, curtia o tempo todo e só ficava nos beijinhos. Eu era o cara legal para trocar umas idéias e faze-las sorrir, mas não servia para namorar. Agora eu aprendi como fazer e não fico mais sem ninguém. Se, estou a fim de uma garota, faço cara de mau, converso pouco e evito sorrir o tempo todo." 
Anderson, 18 anos


A melhor forma de viver é sorrindo e brincando com as situações, por pior que possam parecer. Nunca conheci alguém que conseguisse ser feliz apagando a alegria dentro do coração. Mas é exatamente isto que muitos caras fazem, quando chegam a uma idade onde acham que devem mudar para virarem homens de verdade:

"Meu filho, agora que você cresceu, tem que se comportar como um homem!"

E com estas mulheres, será que as cobranças são diferentes?

Na maioria das vezes, não. 

Se um garoto quiser ter uma vida "normal" ele vai ter que se comportar como um homenzinho!

Este papo de que todas as garotas gostam de caras divertidos nem sempre é verdade. Mas elas não tem culpa, só estão se comportando de acordo com as regras da sociedade onde o "palhaço" só serve para fazer rir, nunca para ser o homem ideal.

Por isto que muitos garotos alegres (no bom sentido) reclamam que elas gostam deles para conversar, se divertem com suas piadas e gracinhas, mas não os querem como namorados.

 E quando um garoto descobre que seu jeito de ser não agrada a mulherada, o que é que ele faz?

Infelizmente acaba mudando!

Estou cansado de ver garotos mudarem por causa destes pensamentos atrasados, deixando de lado a alegria, tudo para não ficarem de mãos abanando.

Claro, homem sério pega muito mais mulheres...

E o pior é que ainda tem gente que olha para o garoto, percebe que ele está se tornando um adolescente neurótico, e ainda diz com o maior orgulho:

"Nossa, o Junior já está virando um homem..."

Mas que homem, o quê?
Ele está se tornando um chato, isto sim!

Só mais uma perguntinha antes de terminar esta matéria: 

Se os homens bem-humorados são moleques irresponsáveis, porque têm tantos homens "sérios" nas filas de desempregados?


Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

Mãe Machista, Filho Cafajeste.


Mãe Machista, Filho Cafajeste.

Apesar da influência paterna, na maioria das vezes são as mães que determinam o caráter dos filhos. Se a mãe é do tipo machista, daquelas que encaram outras mulheres como seres inferiores, provavelmente este filho acabará se tornando um dos piores tipos de machistas que existe.

Desde pequeno, escutando as piores coisas à respeito das mulheres, ele irá encara-las com desprezo, acreditando que todas não passam de aproveitadoras, lascivas - enfim, indignas de qualquer confiança.

Estas mães não ensinam, o que fazem é doutrinar.

A primeira coisa que o filhinho deve aprender é que uma mulher de verdade deve ser fria na cama. Seria ótimo se ela fosse virgem e imaculada, mas como hoje em dia as coisas não são como nos tempos da vovó, a candidata deve ter pouca experiência na cama, no máximo duas.

Como uma boa mãe protetora ela sabe quem são as galinhas do bairro - garotinhas que apesar da pouca idade já estão perdidas. Sim, não importa que sejam meninas de dez ou doze anos, da língua destas víboras ninguém escapa.

É engraçado, mas por mais que o filho não tenha onde cair morto, estas mães ainda acreditam que todas as garotas estão prontas para dar o "golpe da barriga".

Quando garoto, cansei de escutar as mães de alguns colegas aconselhando:

"Pode comer as comer as vagabundas, mas não me arruma nenhum neto!"

Uma coisa que reparo é que sempre incentivam seus filhos a fazer o maior numero de vítimas possíveis, como se nutrissem um ódio por todas as mulheres. 

Elas ensinam a odiar, ensinam e incentivam o que há de pior nos homens, e se orgulham quando eles se transformam nos piores cafajestes.

"Ah, o Junior deve ter um monte de filhos espalhados pelo mundo que ele nem sabe que existem..."

"Mulheres são traiçoeiras e aproveitadoras."

Essa é a conclusão que muitos garotos chegam assim que atingem a puberdade. 
Por isso não é de estranhar a maneira com que muitos tratam as meninas hoje em dia.

Não que antes as coisas fossem um mar de rosas - longe disso. O problema é que a grosseria masculina está chegando à um ponto insuportável. Sei lá, no meu tempo os garotos não diziam estavam saindo com uma "arrombadas".

E foi exatamente isso que escutei da boca de um garoto de 15 anos, filho de uma colega minha, que ficou toda orgulhosa do filhão ser um "pegador".

Uma vez levei uma sobrinha de 8 anos a uma festinha de aniversário, e um menino quase da mesma idade, começou lhe passar a mão na bunda. A mãe, uma verdadeira idiota, olhava tudo como se aquilo fosse a coisa mais linda do mundo. 

Então, depois de pedir para ele que parasse, minha sobrinha, que tinha um gênio ruim, acabou dando um soco no garoto. Ele foi chorando para os braços da mãe, que lhe deu uma dura, mandando que fosse homem, parasse de chorar e fosse passar a mão de novo na bunda da minha sobrinha.

Resultado: ele foi, passou a mão e apanhou mais ainda.

O tempo passa, o mundo gira, mas as mentes de muitas mães ainda permanecem na Idade da Pedra.

Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros